Novas receitas

O que é permacultura? (E como você pode se voluntariar para ajudar na agricultura sustentável)

O que é permacultura? (E como você pode se voluntariar para ajudar na agricultura sustentável)

A Fazenda Orgânica Pun Pun perto de Chang Mai, Tailândia, combina a cultura local e a agricultura com a filosofia inspirada na permacultura. Foto cortesia de Andy Bustin.

Populações crescentes e recursos cada vez menores prejudicam o meio ambiente e estressam seus habitantes humanos. Desenvolvida em 1978, a permacultura visa preparar melhor as pessoas para um futuro incerto, adotando uma vida sustentável. Na Universidade de Massachusetts, em Amherst, os refeitórios servem comida cultivada em jardins iniciados por alunos no campus. Os voluntários reconstruíram áreas demolidas por desastres naturais com eco-aldeias de casas solares autossuficientes. Uma fazenda orgânica na Tailândia educa o público e compartilha sementes de vegetais, frutas e ervas medicinais para capacitar agricultores em todo o mundo. As comunidades do terceiro mundo se sustentam colhendo água e cultivando alimentos em lugares quase inabitáveis ​​na África.

O que é permacultura?

Cunhada inicialmente como uma fusão de “permanente” e “agricultura”, a permacultura visa criar um mundo mais sustentável. A permacultura tem uma abordagem holística para revolucionar mais do que apenas a agricultura. Um sistema de design regenerativo cria paisagens comestíveis, arquitetura de baixo impacto, economias autossuficientes e comunidades éticas. O australiano Bill Morrision, o “Pai da Permacultura” desde 1978, descreve esta abordagem,

“A permacultura é uma filosofia de trabalhar com, ao invés de contra a natureza; de observação prolongada e cuidadosa, em vez de trabalho prolongado e irrefletido; e de observar plantas e animais em todas as suas funções, em vez de tratar qualquer área como um único sistema de produto. ” - Bill Mollison

A permacultura usa princípios éticos e de design para transformar consumidores dependentes em produtores responsáveis. Essa abordagem reduz o desperdício e maximiza os recursos, concentrando-se na relação entre os elementos. A permacultura busca maximizar a sinergia do ecossistema, criando o todo maior do que a soma de suas partes. Táticas como colher chuva, cobertura morta, pastejo rotativo e plantio estratégico ajudam a alcançar um sistema simbiótico. Os profissionais procuram maneiras de reinvestir o excedente de volta no sistema e reciclar o lixo em algo útil. Esforços de educação e divulgação garantem que essas mudanças alterem a “cultura permanente” da área.

Confira os estudos de caso a seguir para ver como as comunidades ao redor do mundo estão repensando como vivemos e comemos para promover a autossuficiência. Se você quiser se envolver, todas as quatro organizações dão as boas-vindas a visitantes e voluntários.

Franklin Street Gardens na Universidade de Massachusetts. Foto cedida por Keith Toffling / UMass Dining.

UMass Amherst, Massachusetts, EUA - Jardins comestíveis abastecendo a comunidade do campus

Os alunos da Universidade de Massachusetts lideraram com sucesso uma iniciativa para usar permacultura e jardins comestíveis para abastecer seu refeitório. Em 2009, os alunos se propuseram a instalar paisagens comestíveis e ecológicas no campus. A universidade abraçou a oportunidade de cultivar alimentos nutritivos, melhorar o meio ambiente e aumentar a consciência da sustentabilidade. Nathan Aldrich, o coordenador de sustentabilidade e planejamento estragético que existe desde o início do movimento, comenta:

“A permacultura ajudou a trazer a UMass de volta um pouco mais perto de sua visão original quando foi fundada em 1863 como MA Agricultural College. Agora temos muitos bons programas de alimentação e agricultura na UMass, incluindo uma fazenda administrada por estudantes de 6 acres. Mas já faz muito tempo que os alimentos não são cultivados bem no coração do campus. Os alunos agora esperam ver frutas e vegetais crescendo fora de seus refeitórios. A permacultura tornou-se parte integrante da cultura do campus. Estamos fechando o ciclo em nosso sistema alimentar. ”

Agora, a UMass tem quatro jardins comestíveis, educacionais e biodiversos no campus. Com a ajuda de mais de 2.500 voluntários, eles plantaram mais de 2.000 árvores frutíferas, arbustos de bagas, vegetais, flores e ervas. UMass Dining serviu quase 4.500 libras de produtos locais saudáveis ​​cultivados nos jardins. Eles compartilharam seu modelo replicável, escalável e adaptável com duas escolas primárias locais. Seus esforços inspiraram universidades em todo o país e o presidente Barack Obama até mesmo os parabenizou. Assista a um documentário sobre o projeto acima ou verifique seu site para obter informações sobre como ser voluntário, ter aulas ou participar de sua conferência anual.

Centro de Visitantes da Earthship, Novo México. Foto cedida por Ron Guillon.

Earthships, Novo México, EUA - Self-Sufficient Personal Homes and Eco-Village Disaster Relief

Desde a década de 1970, Michael Reynolds reinventou as casas de acordo com os princípios inspirados na permacultura. A experimentação com latas de alumínio, garrafas e pneus usados ​​criou “embarcações auto-sustentáveis ​​em terra” acessíveis. Ele concebeu formas de construir “Earthships” em harmonia com seu meio ambiente, que gerassem sua própria água e eletricidade, conservassem e reutilizassem água, gerassem alimentos e fornecessem aquecimento e resfriamento. Atualmente, você pode encontrar Earthships em quase todos os estados dos Estados Unidos e Canadá, bem como em toda a Europa. Os visitantes da localização da nave-mãe em Taos, Novo México, podem passar uma noite em um desses luxuosos espaços modernos, a partir de $ 130 por noite.
O Earthship também ajuda no socorro de emergência, o tufão Yolanda (Haiyan). Eles planejam lançar seu projeto resistente a desastres “Windship” nas Filipinas. A eco-vila de 50.000 pessoas incluirá acomodações, escritórios, um banco de sementes permanente, bunker, captação de água, jardins internos e capacidade de carregamento de energia solar. Verifique o site da Earthship para oportunidades de voluntariado e mais informações, incluindo dicas sobre como construir um você mesmo.

A Fazenda Orgânica Pun Pun cultiva ingredientes para seus dois restaurantes no centro de Chiang Mai. Foto cortesia de Andy Bustin.

Pun Pun Center for Self-Reliance, Tailândia - Compartilhamento de Sementes e Agricultura Orgânica

Pun Pun “Centro de Autossuficiência” é uma fazenda orgânica, operação de armazenamento de sementes e um centro de vivência e aprendizagem na Tailândia, mais de 50 quilômetros ao norte de Chaing Mai, no distrito de Mao Taeng. Há dez anos, eles se mudaram para um terreno com solo completamente deteriorado que ninguém queria e o transformaram em uma comunidade que ampara 20 pessoas. A comunidade vive em todos os edifícios de terra e tem usado idéias inspiradas na permacultura e cultura local para desenvolver técnicas de devolução que se adaptam ao clima e às condições locais. Eles têm árvores frutíferas, comestíveis perenes e ervas medicinais, hortas, galinhas para os ovos e tanques de peixes. Eles salvam, propagam e dispersam sementes orgânicas antigas mediante solicitação, variedades que agora estão em toda a Tailândia. A economia de sementes coloca as sementes de volta nas mãos dos produtores para que eles não dependam das empresas e possam reintroduzir variedades de plantas perdidas em nossas dietas e cultura. Você pode saborear a culinária orgânica local em dois restaurantes (Pun Pun Restaurant em Wat Suan Dok e Pun Pun em Lang Moh) no centro de Chiang Mai. Esses restaurantes ajudam a diminuir a distância entre os fazendeiros e os consumidores da cidade, ao mesmo tempo que mostram aos fazendeiros que as pessoas querem alimentos orgânicos, saudáveis ​​e seguros.

No centro de convivência e aprendizagem, Pun Pun oferece cursos durante todo o ano sobre jardinagem orgânica, construção de terra, economia de sementes, saúde natural e um estilo de vida mais autossuficiente em tailandês e inglês. A maioria das pessoas que vêm para nossa fazenda quer viver uma vida mais sustentável, mas não tem a confiança necessária para dar esse salto. Eles tornam suas aulas o mais simples e práticas possíveis e se concentram nas técnicas de ensino com as quais trabalharam.

Agricultura na África do Sul. Foto cortesia de WWView.

Fazenda Berg-en-Dal, África do Sul - Uplifting Dry, Developing countries

A ecovila educacional de Berg-en-Dal demonstra que a permacultura pode erguer comunidades secas e em desenvolvimento. A fazenda está localizada nas colinas, cortada pelo rio Kny, na confluência de quatro grandes biorregiões.
A precipitação irregular torna um lugar desafiador para se viver e, portanto, fornece o campo de teste ideal para a eficácia da permacultura. Desde 1999, Berg-en-Dal reabilitou a terra degradada usando técnicas criativas de cultivo e coleta de água, plantio de vegetação tipo matagal e manejo de pastagem para sustentar o crescimento da pradaria. Eles cultivaram o ecossistema para fornecer alimentos e recursos necessários para as aldeias domiciliares.
Confira o site deles para saber se eles dão as boas-vindas a turistas e visitantes que desejam aprender sobre estilos de vida sustentáveis. Você também pode ser voluntário por meio de Oportunidades Mundiais em Fazendas Orgânicas (WWOOF), que junta voluntários com fazendas ao redor do mundo.

Se você estiver interessado em aprender mais sobre permacultura em geral, as oportunidades são infinitas. Cursos, conferências e workshops são oferecidos em todo o mundo para aprender mais sobre design ecológico, restauração ambiental, tecnologias relevantes e permacultura urbana.

Você já se envolveu em algum projeto de permacultura? Como foi sua experiência? Por favor, compartilhe nos comentários abaixo.

O post O que é permacultura? (E como você pode se voluntariar para ajudar na agricultura sustentável) apareceu pela primeira vez na Epicure & Culture.


Episódio 321: Permacultura

As galinhas podem desempenhar um grande papel na permacultura: comendo pragas, coçando e depositando fezes ricas em nutrientes.

A palavra & # 8220permacultura & # 8221 se refere a um conjunto de valores e princípios que utilizam designs ecológicos e sistemas naturais auto-mantidos. O objetivo é retribuir - aos nossos jardins, à terra - em uma tentativa de equilibrar o impacto destrutivo que nossa própria existência tem no ambiente imediato. Os ritmos e sistemas de reposição na natureza são usados ​​como um guia na criação de soluções significativas para a vida diária.

Embora a permacultura possa ser uma abordagem para qualquer coisa, ela é tipicamente baseada na agricultura e ecologia, incorporando práticas agrícolas orgânicas, agrossilvicultura, agricultura integrada e soluções de construção natural. As filosofias centrais são cíclicas: Cuidado com a Terra, Cuidado com as Pessoas e a ideia de Compartilhamento Justo - pegando apenas o que você precisa.

Neste episódio, aprendemos como a permacultura é definida e consideramos os sistemas para nossas próprias casas e jardins, e como algumas simples adições ou ajustes aos habitats existentes podem ajudar a manter um maior equilíbrio entre o mundo vivo e a conveniência moderna. Encontramos algumas pessoas que vivem e respiram e ensinam permacultura e aprendemos como esses princípios podem ser introduzidos em qualquer ambiente, grande ou pequeno.

O Chef Nathan prepara uma saborosa salada de beterraba marinada que foi um verdadeiro prazer para todos no set!

Os Doze Princípios da Permacultura

  1. Observe e interaja & # 8211 Ao dedicar um tempo para nos envolver com a natureza, podemos projetar soluções que se adaptam à nossa situação particular.
  2. Capture e armazene energia & # 8211 Ao desenvolver sistemas que coletam recursos quando são abundantes, podemos usá-los em momentos de necessidade.
  3. Obtenha um rendimento & # 8211 Certifique-se de que está recebendo recompensas realmente úteis como parte do trabalho que está fazendo.
  4. Aplicar autorregulação e aceitar feedback & # 8211 Precisamos desencorajar atividades inadequadas para garantir que os sistemas possam continuar a funcionar bem.
  5. Usar e valorizar recursos e serviços renováveis & # 8211 Faça o melhor uso da abundância da natureza para reduzir nosso comportamento de consumo e dependência de recursos não renováveis.
  6. Não produza resíduos & # 8211 Ao valorizar e utilizar todos os recursos que estão à nossa disposição, nada se perde.
  7. Projete de padrões a detalhes & # 8211 Dando um passo para trás, podemos observar padrões na natureza e na sociedade. Eles podem formar a espinha dorsal de nossos designs, com os detalhes sendo preenchidos à medida que avançamos.
  8. Integrar em vez de segregar & # 8211 Ao colocar as coisas certas no lugar certo, os relacionamentos se desenvolvem entre essas coisas e eles trabalham juntos para apoiar uns aos outros.
  9. Use soluções pequenas e lentas & # 8211 Sistemas pequenos e lentos são mais fáceis de manter do que grandes, fazendo melhor uso dos recursos locais e produzindo resultados mais sustentáveis.
  10. Use e valorize a diversidade & # 8211 A diversidade reduz a vulnerabilidade a uma variedade de ameaças e tira proveito da natureza única do ambiente em que reside.
  11. Use arestas e valorize o marginal & # 8211 A interface entre as coisas é onde os eventos mais interessantes acontecem. Freqüentemente, esses são os elementos mais valiosos, diversos e produtivos do sistema.
  12. Use e responda criativamente às mudanças & # 8211 Podemos ter um impacto positivo nas mudanças inevitáveis ​​observando cuidadosamente e intervindo na hora certa.

Para maiores informações:

  • Wayne Weiseman e o Permaculture Project LLC
  • Will Hooker em 610 Kirby Permaculture and Email newsletter & # 8211 one family & # 8217s experimenta a criação de uma herdade sustentável fora da rede.

Sobre GGWTV

Growing A Greener World é uma série nacional de jardinagem na televisão pública que apresenta jardinagem orgânica, vida ecológica e cozinha do campo à mesa. Cada episódio se concentra em pessoas atraentes e inspiradoras fazendo a diferença por meio da jardinagem. Esta série de jardinagem cobre tudo, desde jardinagem comestível e agricultura sustentável até culinária sazonal e preservação da colheita.
.
Livros e outros links de produtos são links de afiliados.


Episódio 321: Permacultura

As galinhas podem desempenhar um grande papel na permacultura: comendo pragas, coçando e depositando fezes ricas em nutrientes.

A palavra & # 8220permacultura & # 8221 refere-se a um conjunto de valores e princípios que utilizam designs ecológicos e sistemas naturais auto-mantidos. O objetivo é retribuir - aos nossos jardins, à terra - em uma tentativa de equilibrar o impacto destrutivo que nossa própria existência tem no meio ambiente imediato. Os ritmos e sistemas de reposição na natureza são usados ​​como um guia na criação de soluções significativas para a vida diária.

Embora a permacultura possa ser uma abordagem para qualquer coisa, ela é tipicamente baseada na agricultura e ecologia, incorporando práticas agrícolas orgânicas, agro-silvicultura, agricultura integrada e soluções de construção natural. As filosofias centrais são cíclicas: Cuidado com a Terra, Cuidado com as Pessoas e a ideia de Compartilhamento Justo - pegando apenas o que você precisa.

Neste episódio, aprendemos como a permacultura é definida e consideramos os sistemas para nossas próprias casas e jardins, e como algumas simples adições ou ajustes aos habitats existentes podem ajudar a manter um maior equilíbrio entre o mundo vivo e a conveniência moderna. Encontramos algumas pessoas que vivem e respiram e ensinam permacultura, e aprendemos como esses princípios podem ser introduzidos em qualquer ambiente, grande ou pequeno.

O Chef Nathan prepara uma saborosa salada de beterraba marinada que foi um verdadeiro prazer para todos no set!

Os Doze Princípios da Permacultura

  1. Observe e interaja & # 8211 Ao dedicar um tempo para nos envolver com a natureza, podemos projetar soluções que se adaptam à nossa situação particular.
  2. Capture e armazene energia & # 8211 Ao desenvolver sistemas que coletam recursos quando são abundantes, podemos usá-los em momentos de necessidade.
  3. Obtenha um rendimento & # 8211 Certifique-se de que está recebendo recompensas realmente úteis como parte do trabalho que está fazendo.
  4. Aplicar autorregulação e aceitar feedback & # 8211 Precisamos desencorajar atividades inadequadas para garantir que os sistemas possam continuar a funcionar bem.
  5. Usar e valorizar recursos e serviços renováveis & # 8211 Faça o melhor uso da abundância da natureza para reduzir nosso comportamento de consumo e dependência de recursos não renováveis.
  6. Não produza resíduos & # 8211 Ao valorizar e utilizar todos os recursos que estão à nossa disposição, nada se perde.
  7. Projete de padrões a detalhes & # 8211 Dando um passo para trás, podemos observar padrões na natureza e na sociedade. Eles podem formar a espinha dorsal de nossos designs, com os detalhes sendo preenchidos à medida que avançamos.
  8. Integrar em vez de segregar & # 8211 Ao colocar as coisas certas no lugar certo, os relacionamentos se desenvolvem entre essas coisas e eles trabalham juntos para apoiar uns aos outros.
  9. Use soluções pequenas e lentas & # 8211 Sistemas pequenos e lentos são mais fáceis de manter do que grandes, fazendo melhor uso dos recursos locais e produzindo resultados mais sustentáveis.
  10. Use e valorize a diversidade & # 8211 A diversidade reduz a vulnerabilidade a uma variedade de ameaças e tira proveito da natureza única do ambiente em que reside.
  11. Use arestas e valorize o marginal & # 8211 A interface entre as coisas é onde os eventos mais interessantes acontecem. Freqüentemente, esses são os elementos mais valiosos, diversos e produtivos do sistema.
  12. Use e responda criativamente às mudanças & # 8211 Podemos ter um impacto positivo nas mudanças inevitáveis ​​observando cuidadosamente e intervindo na hora certa.

Para maiores informações:

  • Wayne Weiseman e o Permaculture Project LLC
  • Will Hooker em 610 Kirby Permaculture and Email newsletter & # 8211 one family & # 8217s experimenta a criação de uma herdade sustentável fora da rede.

Sobre GGWTV

Growing A Greener World é uma série nacional de jardinagem na televisão pública que apresenta jardinagem orgânica, vida ecológica e cozinha do campo à mesa. Cada episódio se concentra em pessoas atraentes e inspiradoras fazendo a diferença por meio da jardinagem. Esta série de jardinagem cobre tudo, desde jardinagem comestível e agricultura sustentável até culinária sazonal e preservação da colheita.
.
Livros e outros links de produtos são links de afiliados.


Episódio 321: Permacultura

As galinhas podem desempenhar um grande papel na permacultura: comendo pragas, coçando e depositando fezes ricas em nutrientes.

A palavra & # 8220permacultura & # 8221 se refere a um conjunto de valores e princípios que utilizam designs ecológicos e sistemas naturais auto-mantidos. O objetivo é retribuir - aos nossos jardins, à terra - em uma tentativa de equilibrar o impacto destrutivo que nossa própria existência tem no meio ambiente imediato. Os ritmos e sistemas de reposição na natureza são usados ​​como um guia na criação de soluções significativas para a vida diária.

Embora a permacultura possa ser uma abordagem para qualquer coisa, ela é tipicamente baseada na agricultura e ecologia, incorporando práticas agrícolas orgânicas, agrossilvicultura, agricultura integrada e soluções de construção natural. As filosofias centrais são cíclicas: Cuidado com a Terra, Cuidado com as Pessoas e a ideia de Compartilhamento Justo - pegando apenas o que você precisa.

Neste episódio, aprendemos como a permacultura é definida e consideramos os sistemas para nossas próprias casas e jardins, e como algumas simples adições ou ajustes aos habitats existentes podem ajudar a manter um maior equilíbrio entre o mundo vivo e a conveniência moderna. Encontramos algumas pessoas que vivem e respiram e ensinam permacultura, e aprendemos como esses princípios podem ser introduzidos em qualquer ambiente, grande ou pequeno.

O Chef Nathan prepara uma saborosa salada de beterraba marinada que foi um verdadeiro prazer para todos no set!

Os Doze Princípios da Permacultura

  1. Observe e interaja & # 8211 Dedicando um tempo para nos envolver com a natureza, podemos projetar soluções que se adaptam à nossa situação particular.
  2. Capture e armazene energia & # 8211 Ao desenvolver sistemas que coletam recursos quando são abundantes, podemos usá-los em momentos de necessidade.
  3. Obtenha um rendimento & # 8211 Certifique-se de que está recebendo recompensas realmente úteis como parte do trabalho que está fazendo.
  4. Aplicar autorregulação e aceitar feedback & # 8211 Precisamos desencorajar atividades inadequadas para garantir que os sistemas possam continuar a funcionar bem.
  5. Usar e valorizar recursos e serviços renováveis & # 8211 Faça o melhor uso da abundância da natureza para reduzir nosso comportamento de consumo e dependência de recursos não renováveis.
  6. Não produza resíduos & # 8211 Ao valorizar e utilizar todos os recursos que estão à nossa disposição, nada se perde.
  7. Projete de padrões a detalhes & # 8211 Dando um passo para trás, podemos observar padrões na natureza e na sociedade. Eles podem formar a espinha dorsal de nossos designs, com os detalhes sendo preenchidos à medida que avançamos.
  8. Integrar em vez de segregar & # 8211 Ao colocar as coisas certas no lugar certo, os relacionamentos se desenvolvem entre essas coisas e eles trabalham juntos para apoiar uns aos outros.
  9. Use soluções pequenas e lentas & # 8211 Sistemas pequenos e lentos são mais fáceis de manter do que grandes, fazendo melhor uso dos recursos locais e produzindo resultados mais sustentáveis.
  10. Use e valorize a diversidade & # 8211 A diversidade reduz a vulnerabilidade a uma variedade de ameaças e tira proveito da natureza única do ambiente em que reside.
  11. Use arestas e valorize o marginal & # 8211 A interface entre as coisas é onde os eventos mais interessantes acontecem. Freqüentemente, esses são os elementos mais valiosos, diversos e produtivos do sistema.
  12. Use e responda criativamente às mudanças & # 8211 Podemos ter um impacto positivo nas mudanças inevitáveis ​​observando cuidadosamente e intervindo na hora certa.

Para maiores informações:

  • Wayne Weiseman e o Permaculture Project LLC
  • Will Hooker em 610 Kirby Permaculture and Email newsletter & # 8211 one family & # 8217s experimenta a criação de uma herdade sustentável fora da rede.

Sobre GGWTV

Growing A Greener World é uma série nacional de jardinagem na televisão pública que apresenta jardinagem orgânica, vida ecológica e cozinha do campo à mesa. Cada episódio se concentra em pessoas atraentes e inspiradoras fazendo a diferença por meio da jardinagem. Esta série de jardinagem cobre tudo, desde jardinagem comestível e agricultura sustentável até culinária sazonal e preservação da colheita.
.
Livros e outros links de produtos são links de afiliados.


Episódio 321: Permacultura

As galinhas podem desempenhar um grande papel na permacultura: comendo pragas, coçando e depositando fezes ricas em nutrientes.

A palavra & # 8220permacultura & # 8221 refere-se a um conjunto de valores e princípios que utilizam designs ecológicos e sistemas naturais auto-mantidos. O objetivo é retribuir - aos nossos jardins, à terra - em uma tentativa de equilibrar o impacto destrutivo que nossa própria existência tem no ambiente imediato. Os ritmos e sistemas de reposição na natureza são usados ​​como um guia na criação de soluções significativas para a vida diária.

Embora a permacultura possa ser uma abordagem para qualquer coisa, ela é tipicamente baseada na agricultura e ecologia, incorporando práticas agrícolas orgânicas, agrossilvicultura, agricultura integrada e soluções de construção natural. As filosofias centrais são cíclicas: Cuidado com a Terra, Cuidado com as Pessoas e a ideia de Compartilhamento Justo - pegando apenas o que você precisa.

Neste episódio, aprendemos como a permacultura é definida e consideramos os sistemas para nossas próprias casas e jardins, e como algumas simples adições ou ajustes aos habitats existentes podem ajudar a manter um maior equilíbrio entre o mundo vivo e a conveniência moderna. Encontramos algumas pessoas que vivem e respiram e ensinam permacultura e aprendemos como esses princípios podem ser introduzidos em qualquer ambiente, grande ou pequeno.

O Chef Nathan prepara uma saborosa salada de beterraba marinada que foi um verdadeiro prazer para todos no set!

Os Doze Princípios da Permacultura

  1. Observe e interaja & # 8211 Dedicando um tempo para nos envolver com a natureza, podemos projetar soluções que se adaptam à nossa situação particular.
  2. Capture e armazene energia & # 8211 Ao desenvolver sistemas que coletam recursos quando são abundantes, podemos usá-los em momentos de necessidade.
  3. Obtenha um rendimento & # 8211 Certifique-se de que está recebendo recompensas realmente úteis como parte do trabalho que está fazendo.
  4. Aplicar autorregulação e aceitar feedback & # 8211 Precisamos desencorajar atividades inadequadas para garantir que os sistemas possam continuar a funcionar bem.
  5. Usar e valorizar recursos e serviços renováveis & # 8211 Faça o melhor uso da abundância da natureza para reduzir nosso comportamento de consumo e dependência de recursos não renováveis.
  6. Não produza resíduos & # 8211 Ao valorizar e utilizar todos os recursos que estão à nossa disposição, nada se perde.
  7. Projete de padrões a detalhes & # 8211 Dando um passo para trás, podemos observar padrões na natureza e na sociedade. Eles podem formar a espinha dorsal de nossos designs, com os detalhes sendo preenchidos à medida que avançamos.
  8. Integrar em vez de segregar & # 8211 Ao colocar as coisas certas no lugar certo, os relacionamentos se desenvolvem entre essas coisas e eles trabalham juntos para apoiar uns aos outros.
  9. Use soluções pequenas e lentas & # 8211 Sistemas pequenos e lentos são mais fáceis de manter do que grandes, fazendo melhor uso dos recursos locais e produzindo resultados mais sustentáveis.
  10. Use e valorize a diversidade & # 8211 A diversidade reduz a vulnerabilidade a uma variedade de ameaças e tira proveito da natureza única do ambiente em que reside.
  11. Use arestas e valorize o marginal & # 8211 A interface entre as coisas é onde os eventos mais interessantes acontecem. Freqüentemente, esses são os elementos mais valiosos, diversos e produtivos do sistema.
  12. Use e responda criativamente às mudanças & # 8211 Podemos ter um impacto positivo nas mudanças inevitáveis ​​observando cuidadosamente e intervindo na hora certa.

Para maiores informações:

  • Wayne Weiseman e o Permaculture Project LLC
  • Will Hooker em 610 Kirby Permaculture and Email newsletter & # 8211 one family & # 8217s experimenta a criação de uma herdade sustentável fora da rede.

Sobre GGWTV

Growing A Greener World é uma série nacional de jardinagem na televisão pública que apresenta jardinagem orgânica, vida ecológica e cozinha do campo à mesa. Cada episódio se concentra em pessoas atraentes e inspiradoras fazendo a diferença por meio da jardinagem. Esta série de jardinagem cobre tudo, desde jardinagem comestível e agricultura sustentável até culinária sazonal e preservação da colheita.
.
Livros e outros links de produtos são links de afiliados.


Episódio 321: Permacultura

As galinhas podem desempenhar um grande papel na permacultura: comendo pragas, coçando e depositando fezes ricas em nutrientes.

A palavra & # 8220permacultura & # 8221 refere-se a um conjunto de valores e princípios que utilizam designs ecológicos e sistemas naturais auto-mantidos. O objetivo é retribuir - aos nossos jardins, à terra - em uma tentativa de equilibrar o impacto destrutivo que nossa própria existência tem no ambiente imediato. Os ritmos e sistemas de reposição na natureza são usados ​​como um guia na criação de soluções significativas para a vida diária.

Embora a permacultura possa ser uma abordagem para qualquer coisa, ela é tipicamente baseada na agricultura e ecologia, incorporando práticas agrícolas orgânicas, agrossilvicultura, agricultura integrada e soluções de construção natural. As filosofias centrais são cíclicas: Cuidado com a Terra, Cuidado com as Pessoas e a ideia de Compartilhamento Justo - pegando apenas o que você precisa.

Neste episódio, aprendemos como a permacultura é definida e consideramos os sistemas para nossas próprias casas e jardins, e como algumas simples adições ou ajustes aos habitats existentes podem ajudar a manter um maior equilíbrio entre o mundo vivo e a conveniência moderna. Encontramos algumas pessoas que vivem e respiram e ensinam permacultura, e aprendemos como esses princípios podem ser introduzidos em qualquer ambiente, grande ou pequeno.

O Chef Nathan prepara uma saborosa salada de beterraba marinada que foi um verdadeiro prazer para todos no set!

Os Doze Princípios da Permacultura

  1. Observe e interaja & # 8211 Dedicando um tempo para nos envolver com a natureza, podemos projetar soluções que se adaptam à nossa situação particular.
  2. Capture e armazene energia & # 8211 Ao desenvolver sistemas que coletam recursos quando são abundantes, podemos usá-los em momentos de necessidade.
  3. Obtenha um rendimento & # 8211 Certifique-se de que está recebendo recompensas realmente úteis como parte do trabalho que está fazendo.
  4. Aplicar autorregulação e aceitar feedback & # 8211 Precisamos desencorajar atividades inadequadas para garantir que os sistemas possam continuar a funcionar bem.
  5. Usar e valorizar recursos e serviços renováveis & # 8211 Faça o melhor uso da abundância da natureza para reduzir nosso comportamento de consumo e dependência de recursos não renováveis.
  6. Não produza resíduos & # 8211 Ao valorizar e utilizar todos os recursos que estão à nossa disposição, nada se perde.
  7. Projete de padrões a detalhes & # 8211 Dando um passo para trás, podemos observar padrões na natureza e na sociedade. Eles podem formar a espinha dorsal de nossos designs, com os detalhes sendo preenchidos à medida que avançamos.
  8. Integrar em vez de segregar & # 8211 Ao colocar as coisas certas no lugar certo, os relacionamentos se desenvolvem entre essas coisas e eles trabalham juntos para apoiar uns aos outros.
  9. Use soluções pequenas e lentas & # 8211 Sistemas pequenos e lentos são mais fáceis de manter do que grandes, fazendo melhor uso dos recursos locais e produzindo resultados mais sustentáveis.
  10. Use e valorize a diversidade & # 8211 A diversidade reduz a vulnerabilidade a uma variedade de ameaças e tira proveito da natureza única do ambiente em que reside.
  11. Use arestas e valorize o marginal & # 8211 A interface entre as coisas é onde os eventos mais interessantes acontecem. Freqüentemente, esses são os elementos mais valiosos, diversos e produtivos do sistema.
  12. Use e responda criativamente às mudanças & # 8211 Podemos ter um impacto positivo nas mudanças inevitáveis ​​observando cuidadosamente e intervindo na hora certa.

Para maiores informações:

  • Wayne Weiseman e o Permaculture Project LLC
  • Will Hooker em 610 Kirby Permaculture and Email newsletter & # 8211 one family & # 8217s experimenta a criação de uma herdade sustentável fora da rede.

Sobre GGWTV

Growing A Greener World é uma série nacional de jardinagem na televisão pública que apresenta jardinagem orgânica, vida verde e cozinha do campo para a mesa. Cada episódio se concentra em pessoas atraentes e inspiradoras fazendo a diferença por meio da jardinagem. Esta série de jardinagem cobre tudo, desde jardinagem comestível e agricultura sustentável até culinária sazonal e preservação da colheita.
.
Livros e outros links de produtos são links de afiliados.


Episódio 321: Permacultura

As galinhas podem desempenhar um grande papel na permacultura: comendo pragas, coçando e depositando fezes ricas em nutrientes.

A palavra & # 8220permacultura & # 8221 se refere a um conjunto de valores e princípios que utilizam designs ecológicos e sistemas naturais auto-mantidos. O objetivo é retribuir - aos nossos jardins, à terra - em uma tentativa de equilibrar o impacto destrutivo que nossa própria existência tem no ambiente imediato. Os ritmos e sistemas de reposição na natureza são usados ​​como um guia na criação de soluções significativas para a vida diária.

Embora a permacultura possa ser uma abordagem para qualquer coisa, ela é tipicamente baseada na agricultura e ecologia, incorporando práticas agrícolas orgânicas, agrossilvicultura, agricultura integrada e soluções de construção natural. As filosofias centrais são cíclicas: Cuidado com a Terra, Cuidado com as Pessoas e a ideia de Compartilhamento Justo - pegando apenas o que você precisa.

Neste episódio, aprendemos como a permacultura é definida e consideramos os sistemas para nossas próprias casas e jardins, e como algumas simples adições ou ajustes aos habitats existentes podem ajudar a manter um maior equilíbrio entre o mundo vivo e a conveniência moderna. Encontramos algumas pessoas que vivem e respiram e ensinam permacultura, e aprendemos como esses princípios podem ser introduzidos em qualquer ambiente, grande ou pequeno.

O Chef Nathan prepara uma saborosa salada de beterraba marinada que foi um verdadeiro prazer para todos no set!

Os Doze Princípios da Permacultura

  1. Observe e interaja & # 8211 Ao dedicar um tempo para nos envolver com a natureza, podemos projetar soluções que se adaptam à nossa situação particular.
  2. Capture e armazene energia & # 8211 Ao desenvolver sistemas que coletam recursos quando são abundantes, podemos usá-los em momentos de necessidade.
  3. Obtenha um rendimento & # 8211 Certifique-se de que está recebendo recompensas realmente úteis como parte do trabalho que está fazendo.
  4. Aplicar autorregulação e aceitar feedback – We need to discourage inappropriate activity to ensure that systems can continue to function well.
  5. Use and value renewable resources and services – Make the best use of nature s abundance to reduce our consumptive behavior and dependence on non-renewable resources.
  6. Produce no waste – By valuing and making use of all the resources that are available to us, nothing goes to waste.
  7. Design from patterns to details – By stepping back, we can observe patterns in nature and society. These can form the backbone of our designs, with the details filled in as we go.
  8. Integrate rather than segregate – By putting the right things in the right place, relationships develop between those things and they work together to support each other.
  9. Use small and slow solutions – Small and slow systems are easier to maintain than big ones, making better use of local resources and producing more sustainable outcomes.
  10. Use and value diversity – Diversity reduces vulnerability to a variety of threats and takes advantage of the unique nature of the environment in which it resides.
  11. Use edges and value the marginal – The interface between things is where the most interesting events take place. These are often the most valuable, diverse and productive elements in the system.
  12. Creatively use and respond to change – We can have a positive impact on inevitable change by carefully observing, and then intervening at the right time.

For More Information:

  • Wayne Weiseman and the Permaculture Project LLC
  • Will Hooker at 610 Kirby Permaculture and Email newsletter – one family’s experiments with creating an off-grid, sustainable homestead .

About GGWTV

Growing A Greener World is a national gardening series on Public Television that features organic gardening, green living and farm to table cooking. Each episode focuses on compelling and inspirational people making a difference through gardening. This gardening series covers everything from edible gardening and sustainable agriculture to seasonal cooking and preserving the harvest.
.
Books and other product links are affiliate links.


Episode 321: Permaculture

Chickens can play a large role in permaculture: eating pests, scratching, and depositing nutrient-rich droppings.

The word “permaculture” refers to a set of values and principles that utilize ecological designs and self-maintained natural systems. The point is to give back – to our gardens, to the earth – in an attempt to balance out the destructive impact our own existence has on the immediate environment. The replenishment rhythms and systems in nature are used a guide in creating meaningful solutions for daily living.

While permaculture can be an approach to anything, it is typically based in agriculture and ecology, incorporating organic farm practices, agro forestry, integrated farming and natural building solutions. The core philosophies are cyclical: Care of the Earth, Care of People and the idea of Fair Share – taking only what you need.

In this episode we learn how permaculture is defined, and consider systems for our own homes and gardens, and how some simple additions or tweaks to existing habitats can help maintain a greater balance between the living world and modern convenience. We meet some folks who live and breathe and teach permaculture, and learn how these principles can be introduced into any environment, large or small.

Chef Nathan prepares a tasty marinated beet salad that was a real crowd-pleaser on set!

The Twelve Principles of Permaculture

  1. Observe and interact – By taking the time to engage with nature we can design solutions that suit our particular situation.
  2. Catch and store energy – By developing systems that collect resources when they are abundant, we can use them in times of need.
  3. Obtain a yield – Ensure that you are getting truly useful rewards as part of the work that you are doing.
  4. Apply self-regulation and accept feedback – We need to discourage inappropriate activity to ensure that systems can continue to function well.
  5. Use and value renewable resources and services – Make the best use of nature s abundance to reduce our consumptive behavior and dependence on non-renewable resources.
  6. Produce no waste – By valuing and making use of all the resources that are available to us, nothing goes to waste.
  7. Design from patterns to details – By stepping back, we can observe patterns in nature and society. These can form the backbone of our designs, with the details filled in as we go.
  8. Integrate rather than segregate – By putting the right things in the right place, relationships develop between those things and they work together to support each other.
  9. Use small and slow solutions – Small and slow systems are easier to maintain than big ones, making better use of local resources and producing more sustainable outcomes.
  10. Use and value diversity – Diversity reduces vulnerability to a variety of threats and takes advantage of the unique nature of the environment in which it resides.
  11. Use edges and value the marginal – The interface between things is where the most interesting events take place. These are often the most valuable, diverse and productive elements in the system.
  12. Creatively use and respond to change – We can have a positive impact on inevitable change by carefully observing, and then intervening at the right time.

For More Information:

  • Wayne Weiseman and the Permaculture Project LLC
  • Will Hooker at 610 Kirby Permaculture and Email newsletter – one family’s experiments with creating an off-grid, sustainable homestead .

About GGWTV

Growing A Greener World is a national gardening series on Public Television that features organic gardening, green living and farm to table cooking. Each episode focuses on compelling and inspirational people making a difference through gardening. This gardening series covers everything from edible gardening and sustainable agriculture to seasonal cooking and preserving the harvest.
.
Books and other product links are affiliate links.


Episode 321: Permaculture

Chickens can play a large role in permaculture: eating pests, scratching, and depositing nutrient-rich droppings.

The word “permaculture” refers to a set of values and principles that utilize ecological designs and self-maintained natural systems. The point is to give back – to our gardens, to the earth – in an attempt to balance out the destructive impact our own existence has on the immediate environment. The replenishment rhythms and systems in nature are used a guide in creating meaningful solutions for daily living.

While permaculture can be an approach to anything, it is typically based in agriculture and ecology, incorporating organic farm practices, agro forestry, integrated farming and natural building solutions. The core philosophies are cyclical: Care of the Earth, Care of People and the idea of Fair Share – taking only what you need.

In this episode we learn how permaculture is defined, and consider systems for our own homes and gardens, and how some simple additions or tweaks to existing habitats can help maintain a greater balance between the living world and modern convenience. We meet some folks who live and breathe and teach permaculture, and learn how these principles can be introduced into any environment, large or small.

Chef Nathan prepares a tasty marinated beet salad that was a real crowd-pleaser on set!

The Twelve Principles of Permaculture

  1. Observe and interact – By taking the time to engage with nature we can design solutions that suit our particular situation.
  2. Catch and store energy – By developing systems that collect resources when they are abundant, we can use them in times of need.
  3. Obtain a yield – Ensure that you are getting truly useful rewards as part of the work that you are doing.
  4. Apply self-regulation and accept feedback – We need to discourage inappropriate activity to ensure that systems can continue to function well.
  5. Use and value renewable resources and services – Make the best use of nature s abundance to reduce our consumptive behavior and dependence on non-renewable resources.
  6. Produce no waste – By valuing and making use of all the resources that are available to us, nothing goes to waste.
  7. Design from patterns to details – By stepping back, we can observe patterns in nature and society. These can form the backbone of our designs, with the details filled in as we go.
  8. Integrate rather than segregate – By putting the right things in the right place, relationships develop between those things and they work together to support each other.
  9. Use small and slow solutions – Small and slow systems are easier to maintain than big ones, making better use of local resources and producing more sustainable outcomes.
  10. Use and value diversity – Diversity reduces vulnerability to a variety of threats and takes advantage of the unique nature of the environment in which it resides.
  11. Use edges and value the marginal – The interface between things is where the most interesting events take place. These are often the most valuable, diverse and productive elements in the system.
  12. Creatively use and respond to change – We can have a positive impact on inevitable change by carefully observing, and then intervening at the right time.

For More Information:

  • Wayne Weiseman and the Permaculture Project LLC
  • Will Hooker at 610 Kirby Permaculture and Email newsletter – one family’s experiments with creating an off-grid, sustainable homestead .

About GGWTV

Growing A Greener World is a national gardening series on Public Television that features organic gardening, green living and farm to table cooking. Each episode focuses on compelling and inspirational people making a difference through gardening. This gardening series covers everything from edible gardening and sustainable agriculture to seasonal cooking and preserving the harvest.
.
Books and other product links are affiliate links.


Episode 321: Permaculture

Chickens can play a large role in permaculture: eating pests, scratching, and depositing nutrient-rich droppings.

The word “permaculture” refers to a set of values and principles that utilize ecological designs and self-maintained natural systems. The point is to give back – to our gardens, to the earth – in an attempt to balance out the destructive impact our own existence has on the immediate environment. The replenishment rhythms and systems in nature are used a guide in creating meaningful solutions for daily living.

While permaculture can be an approach to anything, it is typically based in agriculture and ecology, incorporating organic farm practices, agro forestry, integrated farming and natural building solutions. The core philosophies are cyclical: Care of the Earth, Care of People and the idea of Fair Share – taking only what you need.

In this episode we learn how permaculture is defined, and consider systems for our own homes and gardens, and how some simple additions or tweaks to existing habitats can help maintain a greater balance between the living world and modern convenience. We meet some folks who live and breathe and teach permaculture, and learn how these principles can be introduced into any environment, large or small.

Chef Nathan prepares a tasty marinated beet salad that was a real crowd-pleaser on set!

The Twelve Principles of Permaculture

  1. Observe and interact – By taking the time to engage with nature we can design solutions that suit our particular situation.
  2. Catch and store energy – By developing systems that collect resources when they are abundant, we can use them in times of need.
  3. Obtain a yield – Ensure that you are getting truly useful rewards as part of the work that you are doing.
  4. Apply self-regulation and accept feedback – We need to discourage inappropriate activity to ensure that systems can continue to function well.
  5. Use and value renewable resources and services – Make the best use of nature s abundance to reduce our consumptive behavior and dependence on non-renewable resources.
  6. Produce no waste – By valuing and making use of all the resources that are available to us, nothing goes to waste.
  7. Design from patterns to details – By stepping back, we can observe patterns in nature and society. These can form the backbone of our designs, with the details filled in as we go.
  8. Integrate rather than segregate – By putting the right things in the right place, relationships develop between those things and they work together to support each other.
  9. Use small and slow solutions – Small and slow systems are easier to maintain than big ones, making better use of local resources and producing more sustainable outcomes.
  10. Use and value diversity – Diversity reduces vulnerability to a variety of threats and takes advantage of the unique nature of the environment in which it resides.
  11. Use edges and value the marginal – The interface between things is where the most interesting events take place. These are often the most valuable, diverse and productive elements in the system.
  12. Creatively use and respond to change – We can have a positive impact on inevitable change by carefully observing, and then intervening at the right time.

For More Information:

  • Wayne Weiseman and the Permaculture Project LLC
  • Will Hooker at 610 Kirby Permaculture and Email newsletter – one family’s experiments with creating an off-grid, sustainable homestead .

About GGWTV

Growing A Greener World is a national gardening series on Public Television that features organic gardening, green living and farm to table cooking. Each episode focuses on compelling and inspirational people making a difference through gardening. This gardening series covers everything from edible gardening and sustainable agriculture to seasonal cooking and preserving the harvest.
.
Books and other product links are affiliate links.


Episode 321: Permaculture

Chickens can play a large role in permaculture: eating pests, scratching, and depositing nutrient-rich droppings.

The word “permaculture” refers to a set of values and principles that utilize ecological designs and self-maintained natural systems. The point is to give back – to our gardens, to the earth – in an attempt to balance out the destructive impact our own existence has on the immediate environment. The replenishment rhythms and systems in nature are used a guide in creating meaningful solutions for daily living.

While permaculture can be an approach to anything, it is typically based in agriculture and ecology, incorporating organic farm practices, agro forestry, integrated farming and natural building solutions. The core philosophies are cyclical: Care of the Earth, Care of People and the idea of Fair Share – taking only what you need.

In this episode we learn how permaculture is defined, and consider systems for our own homes and gardens, and how some simple additions or tweaks to existing habitats can help maintain a greater balance between the living world and modern convenience. We meet some folks who live and breathe and teach permaculture, and learn how these principles can be introduced into any environment, large or small.

Chef Nathan prepares a tasty marinated beet salad that was a real crowd-pleaser on set!

The Twelve Principles of Permaculture

  1. Observe and interact – By taking the time to engage with nature we can design solutions that suit our particular situation.
  2. Catch and store energy – By developing systems that collect resources when they are abundant, we can use them in times of need.
  3. Obtain a yield – Ensure that you are getting truly useful rewards as part of the work that you are doing.
  4. Apply self-regulation and accept feedback – We need to discourage inappropriate activity to ensure that systems can continue to function well.
  5. Use and value renewable resources and services – Make the best use of nature s abundance to reduce our consumptive behavior and dependence on non-renewable resources.
  6. Produce no waste – By valuing and making use of all the resources that are available to us, nothing goes to waste.
  7. Design from patterns to details – By stepping back, we can observe patterns in nature and society. These can form the backbone of our designs, with the details filled in as we go.
  8. Integrate rather than segregate – By putting the right things in the right place, relationships develop between those things and they work together to support each other.
  9. Use small and slow solutions – Small and slow systems are easier to maintain than big ones, making better use of local resources and producing more sustainable outcomes.
  10. Use and value diversity – Diversity reduces vulnerability to a variety of threats and takes advantage of the unique nature of the environment in which it resides.
  11. Use edges and value the marginal – The interface between things is where the most interesting events take place. These are often the most valuable, diverse and productive elements in the system.
  12. Creatively use and respond to change – We can have a positive impact on inevitable change by carefully observing, and then intervening at the right time.

For More Information:

  • Wayne Weiseman and the Permaculture Project LLC
  • Will Hooker at 610 Kirby Permaculture and Email newsletter – one family’s experiments with creating an off-grid, sustainable homestead .

About GGWTV

Growing A Greener World is a national gardening series on Public Television that features organic gardening, green living and farm to table cooking. Each episode focuses on compelling and inspirational people making a difference through gardening. This gardening series covers everything from edible gardening and sustainable agriculture to seasonal cooking and preserving the harvest.
.
Books and other product links are affiliate links.


Assista o vídeo: Co to jest Permakultura (Janeiro 2022).